Governo do Rio de Janeiro
 

Detran-RJ

 
 
 
 

Notícias

27/06/2019 18:03:00

DETRAN LANÇA PROGRAMA DIA D PARA ATENDIMENTO A PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

 Alexandre Simonini


O Detran.RJ lançou nesta quinta-feira (27) o programa Dia D, que vai dedicar, a cada trimestre, um dia de atendimento exclusivo e sem agendamento de Identificação Civil para pessoas com deficiência.  O evento, realizado na sede do órgão, no Centro do Rio, reuniu o presidente do departamento, Luiz Carlos das Neves, o vice-presidente, Marcelo Bertolucci e representantes dos três poderes e de instituições ligadas a pessoas com deficiência.
 
O objetivo do o DIA D é chamar a atenção da população e dos órgãos públicos para a importância da inclusão. “Já reduzimos de um ano para três meses o tempo de espera para perícia médica e já temos 110 unidades aptas a receber pessoas com problema de mobilidade. Também estamos realizando um atendimento móvel para contemplar os usuários impossibilitados de se locomover. Essa casa, como órgão público, está aqui para ajudar e descomplicar a vida das pessoas. Temos que humanizar nosso atendimento e levar o melhor para a população”, afirmou presidente Luiz Carlos das Neves durante o lançamento.
 
A primeira edição do DIA D, marcada para esta sexta-feira (28), promoverá atendimento exclusivo em 110 unidades de todo o estado para as pessoas com deficiência. O serviço começa às 8h, com distribuição de senhas. também serão oferecidas 40 vagas para aulas gratuitas de direção do programa Cidadania sobre Rodas, com inscrições em 18 unidades.
 
Identificação civil: direito de todos
 
Componente da mesa, a fundadora do Projeto Marias, Norma de Souza, que há 16 anos luta pelos direitos das crianças com deficiência na comunidade de Manguinhos, lembrou a importância do documento de identificação. “Dentro de uma comunidade, o crachá de identificação é fundamental para essas pessoas”. Maria destacou ainda o serviço de atendimento domiciliar do Detran, que com funcionários do órgão indo pessoalmente à casa dela para a captação das impressões digitais do filho, Kevin Johnson, que tem paralisia cerebral. ”Foram até Manguinhos. Tenho uma gratidão imensa por isso. Todos nós estamos cumprindo nossa missão. Somos privilegiados por fazer o bem”.
 
Para a titular da 2ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da capital, juíza Glória Heloíza Lima da Silva, a carteira de identidade é essencial para as pessoas com deficiência. ”O DIA D é motivo de muito orgulho. Depois da identidade, todos os direitos estão assegurados. A sociedade aprendeu a reagir e precisamos avançar a passos largos. Todos nós precisamos ser multiplicadores dessa ação de inclusão social. E que ela se replique em todos os estados”, afirmou.
 
O subsecretário da Pessoa com deficiência do Município do Rio, Geraldo Nogueira, elogiou a iniciativa. “Achei fantástico o comprometimento do Detran com a causa. Que siga de exemplo e seja levado para todo atendimento público e privado”, ressaltou. A vereadora Tânia Bastos agradeceu, “Estou muito feliz vendo os três poderes unidos em prol dessa causa maravilhosa”.
 
O programa DIA D será contínuo e já tem mais duas datas agendadas – 27 de setembro e 27 de dezembro. Para participar, é preciso apresentar laudo médico original, com CID identificando qual a deficiência, além de original e cópia da certidão de nascimento. Caso seja menor de idade, é necessário também levar original e cópia da identidade do pai, mãe ou de um de um responsável legal.

 
 
 

 

 

DETRAN.RJ

Horário: de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Telefones: 0800-020-4042 / 3460-4042 , de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

Avenida Presidente Vargas, 817 - Centro, Rio de Janeiro - RJ | 20.071 - 004